Chico Xavier – Luz misteriosa filmada em hospital

 

Degravação feita de: YouTube 

 

- Enviado em 7 de agosto de 2009 -

 

 

Chico Xavier – Luz misteriosa filmada em hospital

 

(Fala do jornalista Luiz Gustavo – Uberaba/ MG) Foi em junho de 2001, a notícia repercutiu no país inteiro. O médium teve pneumonia nos dois pulmões, estava num quarto comum, mas foi transferido para uma suíte no 2º andar do hospital. As visitas estão restritas a familiares e amigos. O religioso que sempre rezou pelos doentes desta vez se viu obrigado a inverter os papéis.

 

(Fala do filho – Eurípedes dos Reis) A gente fica com muita apreensão, fica com muito sofrimento e confia em vocês para que apazigue o coração de todos os brasileiros para que eles orem conosco.
Vítima de uma pneumonia nos dois pulmões o interlocutor do além quase passou para o lado de lá. Chico Xavier esteve entre a vida e a morte. Durante o tratamento o médium mais uma vez surpreendeu e foi protagonista de uma história intrigante. Chico Xavier nunca gostou de hospital tanto que um cartório aqui de Uberaba tem um documento assinado por ele pedindo para jamais ser internado, mas com a saúde cada vez mais debilitada os médicos entenderam que só um tratamento intensivo poderia salvar a vida do maior espírita do Brasil. Chico Xavier ficou nesta suíte que tem uma pequena sala, banheiro e esta cama; e cinco dias depois de chegar aqui uma imagem surpreendente fez da recuperação do médium um mistério.
É um detalhe que de tão rápido é quase imperceptível. Agora veja de novo em câmera lenta. Repare que um raio luminoso vem do alto em direção à janela da suíte de Chico Xavier e sempre em linha reta. Na imagem ampliada a faixa de luz se transforma em duas e depois volta a ser uma só. A cena foi gravada às 9h da manhã de sábado, dia 30 de junho do ano passado. Dez minutos depois a surpreendente constatação do médico, o paciente que já estava em estado terminal, começou a melhorar.

 

(Fala do médico – Eurípedes Tahan) Depois que eu fui comunicado que havia esse fato, eu resolvi olhar o seu prontuário para verificar se teria alguma coincidência ou se alguma coisa tinha acontecido naquele momento e de fato aconteceu, porque daí para frente ele passou a melhorar.
O senhor acredita em coincidência? Não, eu acredito que houve uma interferência mesmo. Para a medicina algo de anormal aconteceu ali? Sem dúvida nenhuma, porque foi daquele momento para frente que ele passou a melhorar. A febre desapareceu, a sua respiração melhorou e ele ficou mais alerta com que estava acontecendo no quarto.
Não poderia ser o efeito dos medicamentos? Sim, mas havia já vários dias que ele havia estado internado e foi a partir daquele momento é que ele passou a melhorar.
Do ponto de vista médico, não tem uma explicação convincente? Não, eu não teria.
A imagem foi captada pelo repórter cinematográfico Emerson Gondim que há dez anos trabalha na TV Ideal, emissora filiada da Rede Globo em Uberaba, seria apenas mais uma cena para o telejornal da noite se não fosse um misterioso facho luminoso registrado sem querer.
Filmou exatamente desse ponto aqui?

 

(Fala do repórter cinematográfico – Emerson Gondim) Exatamente daqui onde está a câmera fazendo a fachada do hospital com a cena da janela onde estava internado o Chico, de repente sem perceber passou pela luz da frente, na hora não deu para perceber. Só fui perceber depois bem na hora da edição.
Mas, como explicar o que aconteceu ali naquela manhã?
Para os espíritas Chico Xavier recebeu ajuda mediúnica.

 

(Fala da médium – Shirlene Campos) Quando o espírito é muito evoluído ele passa a não ter nem a sua forma física, ele se manifesta em forma de luz. Então essa força que veio do plano espiritual superior, certamente é uma equipe de espíritos ou um único espírito altamente iluminado que em visita ao Chico Xavier deve ter ido para sustentá-lo nas suas forças físicas.

 

(Fala do filho – Eurípedes dos Reis) Não tenho nenhuma dúvida que houve do mundo espiritual um como se diria, uma nova etapa, um novo tempo de vida para o nosso querido Chico.
Chico estava dormindo quando a luz cruzou o céu. Dez dias atrás nós fomos mais uma vez à Uberaba para saber se ele tinha percebido o raio luminoso, sem imaginar que estas seriam as últimas imagens do médium. 72 horas antes de morrer, Chico, cercado de amigos e ao lado do filho estava muito sorridente. Foi a primeira e única vez que o médium falou sobre o assunto.
O senhor lembra da luz que entrou no quarto do senhor? (Fala do médium – Chico Xavier) Era minha mãe. Como que ela chamava? Maria José. Foi o Emmanuel também? Foi, mas ele não demorou não. Não demorou, não? O que é que ele falou com o senhor? Que eu tivesse paciência.
Para tentar desvendar o mistério nós procuramos em São Paulo algumas das mais respeitadas instituições no país que investigam fenômenos sobrenaturais. Mostramos a fita primeiro para este pesquisador da USP, Régis Alves é especialista em mídias eletrônicas e analisou a gravação várias vezes. Ele disse que o facho luminoso não foi provocado por defeito do equipamento e não tem uma explicação para o fenômeno.

 

(Fala do pesquisador da USP – Régis Alves) Um objeto com uma massa apreciável ele iria apresentar uma trajetória parabólica não é o que acontece aqui, a gente vê essa luz, ela apresenta uma trajetória bem retilínea. Uma outra coisa interessante que acontece é que o objeto em um determinado momento ele parece ser um objeto só, então você só enxerga ele assim, é como se ele estivesse descendo fazendo uma curva, ele está girando em torno de seu próprio eixo, porque em determinado momento ele aparenta ser dois objetos e aí depois ele aparenta ser um.
O professor calcula que o raio tinha aproximadamente 30 cm e era transparente, porque não fez sombra na parede.

 

(Fala do pesquisador da USP – Régis Alves) Com certeza não é um raio tradicional vindo de cima para baixo projetado a partir de algum holofote ou alguma fonte semelhante, porque ele tem uma propriedade de estar condensado ele viaja como se fosse uma luz.
Há quase 20 anos Claudeir Covo desmascara charlatões que inventam truques em fitas de vídeo e em fotos para enganar os leigos. Ele é o presidente de uma instituição não governamental especializada no assunto, o INFA – Instituto Nacional de Investigação de Fenômenos Aeroespaciais. Para o pesquisador tratamento médico e espiritualidade podem materializar efeitos surpreendentes como estes, captados por máquinas fotográficas comuns.

 

(Fala do pesquisador do INFA – Claudeir Covo) Eu acredito que a mente humana deve gerar algum tipo de energia. Essa energia estava no ambiente, sai às vezes do próprio corpo do médium ou talvez capta coisas do ambiente, positivas, e canaliza isso para a pessoa que está precisando de algum tipo de ajuda, algum tipo de cura, em função de uma doença ou em função de um problema qualquer. Quer dizer o espiral seria a materialização de uma energia? De uma energia. Invisível a olho nu, mas é sensibilizada pelo filme fotográfico.
Dono de um acervo com mais de 600 fitas e acostumado a estudar imagens estranhas, o pesquisador se surpreende ao ver o clarão em Uberaba.

 

(Fala do pesquisador do INFA – Claudeir Covo) Não se tem uma explicação dentro dos conhecimentos científicos, não se tem uma explicação. É um fenômeno paranormal? Não sei. É um fenômeno extraterrestre? Não sei. O que eu posso dizer é que é um fenômeno desconhecido.
O raio de luz durou pouquíssimos segundos, mas foi o suficiente para se transformar no mais novo desafio para a Ciência.

 

(Fala da ufóloga – Paola Lucherine) Olha, eu nunca vi uma coisa igual. Agora em se tratando de Chico Xavier eu acho tudo muito possível. Eu acho que só lá em cima tem a explicação.